EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  23. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  24. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  25. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  26. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  27. Potencialidades do Cajueiro
  28. Processos Inorgânicos
  29. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  30. Reúso de Água em Processos Químicos
  31. Setores da Indústria Química Orgânica
  32. Technology Roadmap
  33. Tecnologia do Hidrogênio
  34. Tecnologia Enzimática
  35. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  36. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  37. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2010

Caracterização da sam 4244, um Peptídeo Bioativo com potencial aplicação como um Biopreservativo de Alimentos.

Autora: Andreza Duarte Freitas de Souza
Orientadoras: Selma Gomes Ferreira Leite, Maria do Carmo de Freire Bastos

Resumo

Neste estudo, 47 estirpes de Staphylococcus spp., isoladas de gado com mastite de diferentes rebanhos da região sudeste do Brasil, foram analisadas quanto à produção de substância antimicrobiana (SAM). Seis estirpes apresentaram atividade significativa contra a estirpe indicadora Corynebacterium fimi NCTC 7547. PCR e hibridização DNA/DNA revelaram que as estirpes 4059 e 4231 produzem SAM idênticas ou similares à aureocina A70, enquanto que as demais SAM parecem ser diferentes das nove estafilococcinas já caracterizadas. A SAM 4244 foi a que se mostrou mais promissora, sendo capaz de inibir estirpes de diferentes gêneros, incluindo microrganismos deteriorantes de alimentos, patógenos alimentares, Streptococcus spp. isolados de mastite bovina e Enterococcus spp. resistentes à vancomicina. Através da análise da sequência de rDNA 16S, a estirpe 4244 foi identificada como S. hyicus. A SAM 4244 foi parcialmente sensível às enzimas pronase E e proteinase K, indicando que esta substância tem caráter proteico. A produção da SAM 4244 se inicia no começo da fase exponencial de crescimento, atingindo seu máximo em 8 h de cultivo nos meios BHI e M17. A cinética de ação desta SAM concentrada através de precipitação com sulfato de amônio foi bacteriostática contra Listeria monocytogenes ATCC 19117. Através da SDS-PAGE, a massa molecular da SAM 4244 foi estimada em menor do que 20 kDa. Esta SAM apresenta características vantajosas a sua aplicação em alimentos, como alta termoestabilidade e atividade em ampla faixa de pH. A SAM 4244 se manteve estável por pelo menos seis meses quando armazenada a 4°C e por pelo menos 18 meses, quando mantida a -20°C. Quando aplicada em leite UHT, esta SAM foi capaz de inibir eficientemente o crescimento de L. monocytogenes ATCC 19117 e Staphylococcus aureus A70 Bac. A SAM 4244 apresenta, portanto, potencial aplicação como um biopreservativo de alimentos.

Inscrições abertas para mestrado até 04/07/2018