EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  23. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  24. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  25. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  26. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  27. Potencialidades do Cajueiro
  28. Processos Inorgânicos
  29. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  30. Reúso de Água em Processos Químicos
  31. Setores da Indústria Química Orgânica
  32. Technology Roadmap
  33. Tecnologia do Hidrogênio
  34. Tecnologia Enzimática
  35. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  36. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  37. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Teses de Doutorado Defendidas: 2011

Caracterização de Biodiesel através da Separação dos Constituintes por Cromatografia Líquida.

Autora: Débora França de Andrade.
Orientadores: Luiz Antônio D'Ávila, José Luiz Mazzei da Costa.
PDF Download da Dissertação

Resumo

Os contaminantes no biodiesel podem levar a problemas em motores de combustão. Mono, di e triacilgliceróis (MAG, DAG e TAG), destacam-se como contaminantes do biodiesel puro (B100) produzido da transesterificação dos óleos vegetais. Esses componentes originam da conversão parcial aos ésteres metílicos de ácidos graxos (EsMAG). Devido à diversidade de fontes oleaginosas para a produção do biodiesel brasileiro, é imprescindível o monitoramento dos contaminantes, além dos EsMAG, de modo a garantir sua qualidade.

No presente trabalho foi desenvolvido um método alternativo de análise e caracterização por cromatografia líquida de alta eficiência em fase reversa não aquosa (CLAE-FRNA) dos constituintes do B100 originados de óleos vegetais, a diferentes graus de conversão. Foi proposta a determinação da conversão por CLAE-FRNA. A extração em fase sólida (EFS), utilizando cartuchos de aminopropilsilano, foi desenvolvida para o enriquecimento e separação dos acilgliceróis. A recuperação e a composição em cada fração da EFS foram determinadas por CLAE-FRNA. Foram planejados materiais de referência, contendo intensidades relativas estratégicas de EsMAG, TAG, DAG e MAG, a partir de uma série de métodos matemáticos e simulação cromatográfica. Os óleos de soja, milho, girassol, algodão e canola foram transesterificados com metanol em refluxo a diferentes condições (37 produtos de transesterificação). A CLAE-FRNA mostrou-se capaz de separar os EsMAG e os acilgliceróis. A determinação da conversão, por CLAE-FRNA, mostrou-se significativamente (P > 0,05) concordante com os valores determinados por RMN 1H, tornando-se aplicável no monitoramento do processo de produção do biodiesel, independentemente da conversão e da fonte oleaginosa. Na EFS, os EsMAG eluem seletivamente com n-hexano (100% recuperação), enquanto uma fração enriquecida (3-6 vezes) com os acilgliceróis elue com clorofórmio/metanol 2:1. Assim, a EFS pode oferecer alta sensibilidade analítica para a caracterização química do B100.

Inscrições abertas para mestrado até 04/07/2018