EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  23. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  24. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  25. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  26. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  27. Potencialidades do Cajueiro
  28. Processos Inorgânicos
  29. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  30. Reúso de Água em Processos Químicos
  31. Setores da Indústria Química Orgânica
  32. Technology Roadmap
  33. Tecnologia do Hidrogênio
  34. Tecnologia Enzimática
  35. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  36. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  37. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2012

Dispersão de Gases Inflamáveis em Unidades de Processamento de Petróleo: avaliação do posicionamento de Detectores por Fluidodinâmica Computacional.

Autor: Eduardo Guedes Gomes.
Orientador: Ricardo de Andrade Medronho.

Resumo

O sistema de detecção de incêndio e gás é parte integrante do projeto de segurança industrial para a proteção de unidades de processamento de petróleo (refinarias). A correta quantificação e localização dos detectores de fogo e gás nessas unidades é de suma importância para que os profissionais de operação da planta e da brigada de emergência recebam, o quanto antes, a informação de que um evento indesejável pode estar se desenvolvendo e, assim, que medidas mitigadoras possam ser tomadas de forma a minimizar os possíveis danos causados à vida humana, à propriedade, ao meio ambiente e à imagem da companhia.

Para o caso de detectores de gases inflamáveis ou tóxicos as normas recomendam apenas que estes devem ser posicionados próximos aos possíveis pontos de vazamento, não indicando quantidade nem localização dos mesmos. Desta forma, o projeto fica dependente da experiência do projetista, podendo conduzir a sistemas super ou subdimensionados. Sendo assim, o presente trabalho objetivou a substituição desses critérios genéricos por uma análise quantitativa, baseada em critérios de engenharia, empregando-se o uso da fluidodinâmica computacional para a definição do comportamento das nuvens geradas quando da ocorrência de vazamento de gás em plantas de processo, com posterior definição dos melhores pontos para alocação dos detectores.

Inicialmente, procurou-se validar qual modelagem melhor representa um escoamento sônico de gás na atmosfera. Para isso, foram feitas simulações de liberações sônicas e subsônicas, e comparando-se os resultados com dados experimentais obtidos na literatura, concluiu-se que a modelagem sônica é a mais apropriada.

Definida a melhor modelagem, foram realizadas as simulações de dispersão gasosa em uma unidade de processo típica de uma refinaria de petróleo. Com as nuvens de gás geradas e com uma rotina computacional especialmente criada para a avaliação do posicionamento de detectores, pôde-se determinar que seis (06) detectores de gás localizados em pontos estratégicos foram capazes de detectar todos os trinta e dois (32) cenários de vazamento considerados no trabalho. Desta forma, mostrou-se que o uso da fluidodinâmica computacional, aliado a um programa computacional de avaliação do posicionamento de detectores, pode ser uma ferramenta extremamente útil nos projetos de segurança de plantas de processo que manipulam gases inflamáveis ou tóxicos.

Inscrições abertas para mestrado até 04/07/2018