EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  23. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  24. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  25. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  26. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  27. Potencialidades do Cajueiro
  28. Processos Inorgânicos
  29. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  30. Reúso de Água em Processos Químicos
  31. Setores da Indústria Química Orgânica
  32. Technology Roadmap
  33. Tecnologia do Hidrogênio
  34. Tecnologia Enzimática
  35. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  36. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  37. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Teses de Doutorado Defendidas: 2009

Perspectivas de Reestruturação das Indústrias da Química e da Energia: A via metanol.

Autor: Ernesto Pires de Lima Neto.
Orientadores: José Vitor Bomtempo Martins e Edmar Luiz Fagundes de Almeida.

Resumo

Esta tese apresenta um estudo que testa a viabilidade de amenizar as incertezas atualmente presentes nas indústrias da química e da energia, através de um sistema tecnológico que possua o metanol como elemento reestruturante. Esse estudo se justifica devido ao atual ambiente socioeconômico apresentar inúmeras incertezas em aspectos determinantes para a previsão da evolução dessas indústrias.

É muito difícil apontar qual matéria-prima ou combustível será predominante no futuro. Tais incertezas podem ser amenizadas através de um sistema tecnológico que contenha grande flexibilidade e que seja capaz de acomodar as possíveis mudanças futuras. Nesse estudo parte-se da hipótese de que esse sistema tecnológico poderia ser composto pelo metanol, por suas matérias-primas e por suas aplicações.

O metanol funciona como um gateway ou ponto focal, para onde convergem as matérias-primas (todas as fontes carbônicas fósseis e renováveis) e divergem as diversas aplicações nas indústrias da química e da energia.

O estudo identifica as tecnologias componentes do sistema tecnológico. Utilizando uma análise qualitativa através do critério de pontos, a flexibilidade do sistema é analisada em seus três elementos estruturais: as matérias primas, a produção de metanol e as aplicações.

A análise evidencia a flexibilidade presente em matérias-primas e aplicações. Isso sugere que o sistema centrado no metanol pode funcionar de forma segura em termos de suprimento de matérias primas e de mercado final para o metanol.

No que se refere à produção de metanol, verifica-se uma capacidade peculiar de adaptação das tecnologias disponíveis que abrem a possibilidade de uso de diferentes escalas. Isso se traduz numa capacidade de adaptação aos mercados de grande volume (megaplantas) e aos mercados de nicho (plantas adaptadas às condições particulares de oferta de matéria prima e de consumo do metanol).

A tese conclui que o sistema baseado no metanol como gateway tem condições de responder aos desafios atuais das indústrias de química e de energia e poderia ser uma opção para reestruturar essas indústrias.

Inscrições abertas para mestrado até 04/07/2018