EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  23. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  24. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  25. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  26. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  27. Potencialidades do Cajueiro
  28. Processos Inorgânicos
  29. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  30. Reúso de Água em Processos Químicos
  31. Setores da Indústria Química Orgânica
  32. Technology Roadmap
  33. Tecnologia do Hidrogênio
  34. Tecnologia Enzimática
  35. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  36. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  37. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Dissertações de Mestrado Defendidas: 2011

Modelagem Dinâmica para Análise de Sobrepressão em Resfriador à Água de FPSOs por Ruptura de Tubo de Gás Natural em Alta Pressão.

Autor: Luiz Fernando Trevisan Queiroz.
Orientadores: José Luiz de Medeiros, Ofélia de Queiroz Fernandes Araújo.
Laboratório: H2CIN

Resumo

Apresenta-se um simulador dinâmico para sobrepressão criada por ruptura de tubo em resfriador à água U-BEND de gás natural em alta pressão. Foram estudados vários cenários visando mínimo custo e eficácia de proteção com PRVs (Pressure Relief Valves).

Abordou-se a simulação dinâmica após a ruptura de tubo com gás natural em alta pressão no casco com água em baixa pressão do U-BEND. O gás, ao acessar a ruptura, gera um jato sônico no casco, o qual não foi projetado para tal.

O sistema de alívio visa a expulsar água para acomodar o gás em expansão, permitindo que ações de intertravamento atuem antes do colapso do casco. O alívio direto do gás é negado pelo selo de água que o impede de escapar às PRVs, resultando em uma bolha de gás sobre a água e sobrepressão no casco. As PRVs no circuito de água a jusante do U-BEND devem manter a pressão abaixo do rompimento nos 1000 ms iniciais, tempo mínimo para que o intertravamento corte o fluxo de gás do U-BEND.

A simulação dinâmica usa seis modelos de elementos que interagem, via trocas de massa, energia e momentum; a saber:

  1. Fonte de gás pressurizado, com constantes composição/pressão/temperatura;
  2. Abertura gradual do crack no tubo;
  3. Escoamento compressível adiabático, crítico/subcrítico, do jato de gás no casco;
  4. Equilíbrio Líquido-Vapor (ELV) na bolha de gás no casco, com condensação parcial por resfriamento Joule-Thomson, ganho cinético e perda mecânica ao expelir água;
  5. Escoamento da água no casco e na tubulação exterior;
  6. Comportamento dinâmico de PRVs.

Equações de estado cúbicas foram usadas em propriedades termodinâmicas e ELV no interior da bolha. Simplificações residem nos modelos pseudo-estacionários (i), (iii) e (v), sendo os demais transientes. Para máxima sobrepressão, a ruptura é localizada próxima à placa de fixação junto ao bocal de entrada de água, alimentada por gás a jusante do U-BEND, criando a bolha de gás na extremidade oposta ao bocal de saída às PRVs. Várias opções de proteção e de modelagem termodinâmica (gás ideal, gás real com/sem condensação) foram estudadas, comparando-as vis-à-vis normas API.

Inscrições abertas para mestrado até 04/07/2018