EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  23. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  24. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  25. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  26. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  27. Potencialidades do Cajueiro
  28. Processos Inorgânicos
  29. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  30. Reúso de Água em Processos Químicos
  31. Setores da Indústria Química Orgânica
  32. Technology Roadmap
  33. Tecnologia do Hidrogênio
  34. Tecnologia Enzimática
  35. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  36. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  37. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Teses de Doutorado Defendidas: 2008

Metodologia de seleção, avaliação e priorização de projetos tecnológicos inovadores.

Autor: Luiz Fernando Leite.
Orientadora: Adelaide Maria de Souza Antunes.

Resumo

Este trabalho analisa a importância da inovação e do desenvolvimento tecnológico para as empresas, num cenário de negócios altamente competitivo. Atualmente a função tecnologia passou a integrar o Planejamento Estratégico das empresas líderes e a eficiência de como gerir a inovação, no contexto empresarial, ganhou especial relevância. Como selecionar projetos que sejam portadores de futuro para a organização passou a ser um grande tema de discussão.

São analisadas as principais ferramentas de gestão e as metodologias, convencionalmente praticadas, de avaliação de uma carteira de projetos de P&D, sendo feita uma análise da adequação dos critérios adotados para a seleção e priorização de projetos face ao cenário atual.

É abordada a inovação na área petróleo e energia, tomado como referência o caso da Petrobras, bem como fatos e dados relacionados ao seu Sistema Tecnológico e à gestão de tecnologia praticada em seu Centro de P&D. A complexidade do processo de inovação e suas dimensões: pessoa, cultura, processos gerenciais e infra-estrutura são analisados. É discutida a gestão de idéias e a falta de informações precisas para os projetos embrionários inovadores.

São apresentadas as premissas facilitadoras à inovação, tais como:

São discutidos os paradigmas existentes da gestão da inovação e as novas tendências, que objetivam mitigar o dilema do inovador de Christensen. É proposta uma nova metodologia que separa a carteira incipiente daquela carteira de projetos de desenvolvimento, mais bem estruturados.

São discutidos os critérios a serem adotados para a seleção de projetos inovadores incipientes, bem como é feita uma proposta para o perfil dos participantes do fórum, para evitar uma postura muito operacional e manter uma visão prospectiva, sistêmica e plural. No final é realizada a análise da adequação da nova metodologia proposta, considerando as suas condicionantes e possíveis limitações.

Inscrições abertas para mestrado até 04/07/2018