EPQB EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos EPQB - Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ EPQB - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Busca 
Intranet
Por favor, digite ou corrija o CPF!
Por favor, digite sua Senha!
Lembrar Senha
Por favor, digite ou corrija o E-Mail!
This is an example of a HTML caption with a link.
Formulário de Busca
×

Páginas dos Livros nos Sites das Editoras

Ver Legenda   Página Existente
  Página não encontrada

  1. A Aprendizagem Tecnológica no Brasil
  2. Análise Térmica de Materiais
  3. Aproveitamento Energético e Caracterização de Resíduos de Biomassa
  4. Biocatálise e Biotransformação
  5. Biocombustíveis no Brasil
  6. Biomassa para Química Verde
  7. Chemistry Beyond Chlorine
  8. Compositional Grading in Oil and Gas Reservoirs
  9. Controle e Monitoramento de Poluentes Atmosféricos
  10. Dinâmica, Controle e Instrumentação de Processos
  11. Economia da Energia
  12. Engenharia de Processos
  13. Gestão em Biotecnologia
  14. Glycerol - A Versatile Renewable Feedstock for the Chemical Industry
  15. Handbook of Fruit and Vegetable Flavors
  16. Inovação - O Combustível do Futuro
  17. Mapeamento Tecnológico de Polímeros Furânicos
  18. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 1: Hidrocraqueamento de Frações Pesadas
  19. Modelagem Composicional de Frações de Petróleo - Vol. 2: Hidrotratamento de Destilados
  20. Modelagem e Controle na Produção de Petróleo
  21. Monoethylene Glycol as Hydrate Inhibitor in Offshore Natural Gas Processing
  22. Olefinas Leves - Tecnologia, Mercado e Aspectos Econômicos
  23. Oportunidades em Medicamentos Genéricos
  24. Panorama e Perspectivas da Estocagem Geológica de Gás Natural
  25. Patenteamento & Prospecção Tecnológica no Setor Farmacêutico
  26. Planejamento de Experimentos usando o Statistica
  27. Potencialidades do Cajueiro
  28. Processos Inorgânicos
  29. Reologia e Reometria - Fundamentos Teóricos e Práticos
  30. Reúso de Água em Processos Químicos
  31. Setores da Indústria Química Orgânica
  32. Technology Roadmap
  33. Tecnologia do Hidrogênio
  34. Tecnologia Enzimática
  35. Tecnologias de Produção de Biodiesel
  36. Technological Trends in the Pharmaceutical Industry
  37. Tendências Tecnológicas no Setor Farmacêutico
×

Teses de Doutorado Defendidas: 2009

Avaliação da Potencialidade da utilização de Surfactantes na Biorremediação de Solo contaminado com Hidrocarbonetos de Petróleo

Autor: Valéria Souza Millioli.
Orientadores: Denize Dias de Carvalho e Luiz Gonzaga dos Santos Sobral.

Resumo

Um dos grandes problemas ambientais atuais é a contaminação de solo por derramamento de petróleo e quando ocorre este tipo de contaminação, há uma necessidade de ações imediatas para que minimizem os impactos negativos causados pelo petróleo em solo.

Há várias tecnologias para tratar o solo com as técnicas, químicas, físicas e as biológicas; entretanto, as técnicas biológicas, como a biorremediação, são consideradas de baixo custo e eficazes para redução do petróleo no solo. Porém, alguns fatores podem limitar a ação dos microrganismos para que esses sejam capazes de reduzir esse passivo ambiental, como alto peso molecular, forte adsorção e baixa solubilidade desses contaminantes. Contudo, a adição de surfactantes pode amenizar esses problemas aumentando a efetividade do processo de biorremediação e, dessa forma, a biodegradabilidade do óleo no solo. Entretanto, alguns fatores devem ser investigados para melhorar a utilização dos surfactantes como auxiliares na técnica de biorremediação.

Dessa forma, o objetivo do trabalho foi descrever algumas contribuições técnicas nos últimos anos em que se tem utilizado surfactante como auxiliares na biorremediação, além de uma revisão bibliográfica sobre solo, petróleo, surfactantes e suas utilizações, bem como alguns testes eco toxicológicos que podem ser utilizados para avaliar o comportamento dos surfactantes quando adicionados ao solo. Assim, o principal desafio do trabalho foi definir uma metodologia a ser utilizada para aplicação de surfactantes como auxiliares à técnica de biorremediação de solo impactado com óleo cru.

Neste contexto, foram avaliados seis surfactantes, sendo quatro químicos (SDS, Tween-80, Biosolve e Biononex) e dois biossurfactantes do tipo ramnolipídio (JBR 210 e JBR 425) quanto à capacidade emulsificante, capacidade de dessorção do óleo do solo por lavagem, biodegradabilidade em fase aquosa e em solo, além da caracterização da diluição micelar crítica (DMC) e diluição micelar crítica aparente (DMCA). Ao se analisar estes seis surfactantes foi observado que o SDS e JBR 210 foram os que mais se destacaram, e dessa forma, foram escolhidos para serem avaliados quanto a toxicidade em diferentes concentrações.

Os testes de toxicidade de ambos os surfactantes como mortalidade das minhocas, atividade da desidrogenase e fitotoxicidade com L. sativa e L. esculentum indicaram que ambos apresentaram alta toxicidade em altas concentrações. Em relação à utilização do SDS e JBR 210 como auxiliares no processo de biorremediação verificou-se para o JBR 210 a adição de 4 mg/g de ramnolipídio removeu cerca de 50% dos Hidrocarbonetos totais de petróleo (HTP) e a adição de SDS ao solo contaminado não melhorou os índices de biodegradação, apresentando remoção de 20 a 26% de HTP, sendo estes resultados bem semelhantes ao controle (sem adição de surfactante).

Inscrições abertas para mestrado até 04/07/2018